10/05/2017

A Garota do Calendário - Audrey Carlan (Jul - Ago)


Olá pessoas, tudo bom? Eu espero que sim!!
Hoje vamos continuar a série de resenhas de A Garota do Calendário. Faltam só mais 6 livros, o segundo semestre do ano bem louco que Mia passou. Hoje é dia de resenha dos livros Julho e Agosto.

Sinopse do livro Julho -
Em Julho, Mia estará em Miami para ser a estrela principal do novo videoclipe do cantor de hip-hop, Anton Santiago. Anton é lindo, confiante e está louco por Mia, mas, para ficar com ele, ela terá de resolver algumas questões do passado.

Sinopse do livro Agosto - 
Em Agosto ela terá uma tarefa diferente da qual está acostumada: a garota do calendário precisa ir a Dallas fingir ser irmã do jovem magnata e caubói Max. Mia sabe que sua contratação tem a ver com os negócios de Max, mas nesse emprego não faltam surpresas, e a garota nunca poderia imaginar o que está prestes a acontecer.



Depois de um mês bem conturbado, Julho traz para Mia novas esperanças e metas. Ela conhecerá Anton, um cantor latino super quente e exigente com o seu trabalho. Ou melhor, o Latin Lov-ah!
Porém Mia está traumatizada com a tentativa de estupro que ela sofreu no mês anterior. Como ela foi contratada para participar do novo vídeo clipe do nosso cantor latino, existem cenas bem sensuais e um simples toque de Anton já faz com que a mente de Mia volte para aquela noite de terror.

Admito que fiquei com um pouco de medo de como Audrey trataria a questão daqui pra frente e de como isso afetou Mia. Felizmente, a abordagem foi positiva. A autora mostrou que os amigos de Mia a apoiaram, principalmente Wes, e a ajudaram a se recuperar. A entender que a culpa não era dela.
"Respirando fundo, endireitei os ombros, segurei a maçaneta e abri a porta. Ali estava ele, como os raios de sol da Califórnia brilhando sobre o oceano Pacífico. Perfeição surreal." - Capítulo 7 - Julho 
Julho é o mês do aniversário da nossa protagonista e Wes, claro, vai encontrá-la em Miami. Sim meu povo, o amor está no ar. Os dois finalmente assumem que estão namorando!!

Achei o livro de Julho meio parado. Claro que ele aborda uma questão bem importante, mas achei bem cansativa a leitura do livro Julho. E ele termina assim...
" Eu havia retomado o controle da minha vida e me sentia bem com as decisões que tinha tomado, com o lugar onde eu estava e com o que o futuro me reservava. As possibilidades eram infinitas, especialmente quando eu imaginava meu surfista que faz filmes usando calção de banho, com areia nos pés e nos tornozelos, acenando para mim do Pacífico. Hora de ir para casa...pelo menos por um tempo." - Capítulo 10 - Julho
Em Agosto, Mia passa um tempinho na casa de Wes, mas ele acaba convencendo-a a se mudar definitivamente para lá. O livro já começa com cenas quentes do casal na limusine. Tem muitas declarações desse novo casal e inclusive os dois já começam sobre planos futuros e Mia tenta convencer o seu amado que, apesar de ela continuar a sua jornada para zerar a dívida do seu pai, ela não vai ficar com outro homem porque ela realmente está apaixonada por Wes.
"Eu nunca tinha sido algo mais para alguém, mas, agora que era, entendia por que as pessoas faziam aquilo. Se comprometiam com quem amavam. Saber que eu era a escolhida de alguém, sua luz, o final feliz de um dia de merda, me dava uma sensação de poder que não podia ser apagada. Estaria sempre lá, brilhando pelo amor dele e iluminando o meu caminho de volta para casa." - Capítulo 2 - Agosto 
Maxwell Cunningham é o próximo cliente de Mia, um caubói de Dallas com esposa e filhos. O papel dela é representar a irmã perdida de Max, pois seu pai, Jackson Cunningham, havia falecido a pouco tempo deixando 49% das ações da empresa da família. 



Mia não sabia como explicar mas o seu "irmão de mentira" parecia tão familiar para ela. A mesma sensação a dominou quando ela conheceu a família de Max. Mal sabia ela o que a esperava...
"— Sim, acho que você está certa. Mas por que ele manteria em segredo por todos esses anos o fato de eu ter uma irmã está além da minha compreensão." - Capítulo 4 - Agosto 
Entre flashbacks da infância, cenas quentes com Wes, segredos da família Cunningham, a visita da sua irmã e outras aventuras, Mia descobre que é a verdadeira irmã de Max. Mas como o drama era pouco, Audrey decidiu colocar mais lenha na fogueira. Mia era meia-irmã de Max e Maddy irmã cem por cento consanguínea dele.
"O mundo à minha volta parou. Cada músculo, cada respiração, cada átomo dentro de mim ficou paralisado. Por vários minutos, minha visão ficou piscando, e meu coração batia tão forte que pensei que alguém estivesse pisando no meu peito." - Capítulo 10 - Agosto 
Nossa protagonista teve que lidar com mais algumas preocupações. Ela não tinha mais notícias de seu surfista que estava na Ásia e recebeu um telefonema do hospital onde o seu pai estava internado. Ele havia piorado e talvez não tivesse tempo suficiente para que as suas filhas se despedissem dele.
"— Srta. Saunders? Ele está vivo, mas em estado crítico. A situação não é  favorável. Lamento dizer, mas é grave. Você e a sua família deveriam vir para cá o mais rápido possível." - Capítulo 11 - Agosto
O que será que vai acontecer com Mia e a sua família em Setembro? 

♡♡♡
Resenhas Anteriores: 


Não se esqueça de me seguir nas redes sociais: 

Comente com o Facebook: