24/04/2017

Entre o Amor e o Silêncio - Babi A. Sette


Este post pode conter spoiler!!

Hoje é dia de falar de livro, mas não é qualquer livro. É um romance contemporâneo maravilhoso, ótimo para ler com uma boa xícara de café/chá/chocolate quente nesse tempinho de outono!!
O livro é da autora Babi A. Sette, que eu amooo!! Já fiz resenha do livro A Promessa da Rosa aqui no blog, o primeiro romance histórico que eu li e AMEI!!


Sinopse do livro Entre o Amor e o Silêncio - 
Francesca Wiggs sofreu uma grande decepção amorosa e, desde então, está decidida a não se relacionar mais. Além de se dedicar a escrever o seu livro, ela resolve preencher os dias com um trabalho voluntário – a leitura para pacientes em coma proporcionaria para ela a distância para problemas com o coração. No entanto, um grande imprevisto ocorre quando ela passa a se sentir atraída pelo paciente. Mitchell, descrito como um poderoso magnata, seria a antítese de tudo o que ela busca em um homem… se não estivesse em coma. Precisar de alguém inconsciente seria um absurdo, não seria? Amar uma pessoa que nunca responde parece loucura! Francesca já havia entendido e sentia-se quase segura diante disso. Mas, e se Mitchell acordasse? A aproximação desses personagens tão diferentes revela um romance encantador e divertido, repleto de reviravoltas. Entre a vida e a morte, a ilusão e a realidade, o amor pode ser realmente o milagre que faz tudo mudar?




Francesca é uma personagem cativante e Mitchell se revela completamente sensível e romântico no decorrer da trama. Entre capítulos intercalados somos apresentados a história de cada um, impactantes, emocionantes e tão intrigantes que fazem com que o leitor se torne um melhor amigo do casal. 

Ela sempre sofreu com a ausência do pai e acabou transferindo esse sentimento para coisas boas, como o teatro, a dança, a escrita e namoros. Ele, um workahollic, está sempre trabalhando e mantém um relacionamento ruim com sua mãe e sua irmã, só tratam de mesadas e pouquíssimos assuntos familiares.
"Ser traída com 16 anos era algo mais fácil de digerir. Ser traída com 26 parecia pior, muito pior... Não. Ser traída nunca era fácil, com 2, 3, 12, 16 ou 26, pensou." - Capítulo1


Mitchel sofre um acidente de carro e entra em coma. Francesca, após mais uma decepção amorosa, decide ser voluntária e faz leituras para pacientes em coma. Afinal, não tinha jeito melhor de ela escrever o livro e "revisá-lo" para uma pessoa que não poderia dizer que o livro estava ruim. Então, a história dos dois se cruza.

Entre as horas que ela dedica escrevendo o livro e lendo-o para Mitchel, ela se vê apaixonada por ele. Um homem esbelto e em coma. Ela cria várias expectativas sobre como ele vai tratá-la quando acordar, se ele também a ama... Claro que Francesca não fica bem e se vê obrigada a se afastar, ainda mais depois de sofrer tanto com uma declaração que Mitchel assinou autorizando que os médicos desligassem os aparelhos caso ele ficasse um certo número de dias em coma. 

Estou dando spoilers demais sobre o livro, então eu vou contar mais brevemente a história!!
"Ela se acostumou a estar com ele, à sua respiração, ao seu sono inconsciente. Se viciou no ritmo do seu coração sempre tão constante, sempre atestando a sua vida. Sempre. Sempre. Sempre. Bip. Bip. Bip." - Capítulo 11
Passado um tempo, com a distância de Francesca, Mitchel acorda e aos poucos, assim como a melhora em seu estado de saúde, a sua personalidade nada cordial e arrogante também volta. Lógico que o encontro, ou reencontro, dos dois não foi como Francesca sempre sonhou. 

Chorei muito em todas essas partes, pois ela tem o seu coração quebrado novamente e sabia que estava alimentando esperanças que não se concretizariam. Ao menos, não na primeira impressão. 


A história desse casal passa por uma verdadeira montanha-russa. Não só o relacionamento dos dois passa por essa fase, mas também a vida particular deles. E quando eu digo montanha-russa, é daquelas com subidas enormes mas que consequentemente tem quedas enormes. Quando tudo parece estar caminhando para uma certa constância entre os dois, surgem novos "imprevistos" e problemas.
"Trinta e cinco minutos vigiados no relógio do celular, foi o tempo que ele a fez cantar, esperar, se emputecer. E, então, podia o próprio Dalai Lama baixar no barco e oferecer a sua benção, nada naquele momento devolveria qualquer tranquilidade a ela." - Capítulo 52
Bom, depois de tanta coisa os dois ficam juntos e o final do livro é só amor!! A última citação é desse final, só para vocês entenderem um pouquinho mais sobre como esse livro é lindo!!
"A incumbência romântica herdada por Paris devia ser culpa das nuvens cheias de vinho, do rio refletido de ruas conversadas, dos parques de mãos cruzadas e dos bistrôs fumaçados. Talvez a responsabilidade do chavão recaísse nas flores de despertar, nas ruas de fazer curva no corpo e nas lamparinas esquecidas de dar luz.
Tudo ali alimentava a chama dos dois que sempre morou na cumplicidade viva entre o Amor e o Silêncio." 
E agora eu não vou dar mais spoiler porque você ainda tem muito para conhecer desses personagens lendo esse romance divertido, encantador, vivo, emocionante, cheio de paixão e de muitas dificuldades que estão presentes na vida de um casal!!
Desejo uma leitura maravilhosa para vocês assim como eu tive!!


Não se esqueça de me seguir nas redes sociais: 

Comente com o Facebook: